sexta-feira, 11 de abril de 2008

Quando sobram as palavras


(clique na imagem para ampliar)

Há tempo que os índices de inflação da Argentina fornecidos pelo INDEC (o IBGE de lá) são questionados por suspeita de manipulação.

Ontem, saiu o índice oficial de março: 1,1% (mês onde aconteceu o boicote do campo, que desabasteceu de alimentos o país).

Hoje, essa acima foi a capa do jornal Crítica, de Buenos Aires.

4 comentários:

Xacal disse...

a tentativa de governos de operar com a lógica de manipulação utilizada pelo capital financeiro é sempre mais grave do que essa última...

mesmo condenáveis, os interesses privados que manipulam notícias e índices fazem em nome de um grupo, sem mandato ou qualquer outra forma de representação popular...

quando governos aderem a essa prática nefasta, corrompem o vínculo de legitimidade que são a natureza de sua delegação...

grave, muito mais grave do que mera distorção com intuitos propagandísticos....que é o máximo de crítica que admitem os formuladores dessa prática...

Gustavo Alejandro Oviedo disse...

xacal, o que seria deste blog sem seus comentarios...
aqui, recebeu meus mails?
to começando a achar que estamos que vivemos em universos paralelos, que só se comunicam pelos blogs.

Xacal disse...

porra até agora não....tava até achando que vc tinha esquecido...
vou checar de novo...acho que minha caixa tá "bichada"...

Xacal disse...

nada de e-mail...