terça-feira, 2 de junho de 2009

Tô aqui, mas não sei pra que.




Sabe-se que o design gráfico deve ser funcional. Isto é, tem que cumprir o seu objetivo de comunicar. Para a prefeitura de Campos, o importante é que as pessoas saibam que existe uma logomarca.

Observem a placa instalada no muséu de Campos, na praça São Salvador. Da sua area total, mais de dois terços correspondem à horrível identidade visual da prefeitura. No que restou se amontoam todas as informações relacionadas com a obra: tipo de serviço, empresa responsável, valor e quantidade de mão de obra gerada. Imagino eu que seria de bom senso aparecer também a data prevista de finalização, mas parece que não houve espaço suficiente para informações  irrelevantes como essa.

A boa noticia é que também ficaram de fora as citações biblícas que costumavam aparecer nas mesmas placas durante o governo municipal de Garotinho.

3 comentários:

Thata Siqueira disse...

É muito bom saber que existem pessoas como você na cidade...

Gustavo Alejandro Oviedo disse...

Valeu, Tatha! Somos vários....

Gustavo Alejandro Oviedo disse...

Ih, escrevei errado o nome de Thata...perdi a única leitora que tinha. Maldição!