segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Justiça manda repintar os semáforos e a blogosfera, a mídia e a oposição comemoram como se tivesse acontecido a queda da Bastilha

Uma vitoria da cidadania. Trata-se de um pequeno gesto, mas de grande significado simbólico. Sigamos lutando, e conseguiremos outros triunfos.
A troca da cor da iluminação da Beira Valão, por exemplo.
Hasta la vista, siempre!

6 comentários:

douglas da mata disse...

Opa, opa, opa, alto lá Gustavo...é boom fazer menção as exceções de praxe.

O planície nada comemorou, e só publicou o comentário para poder lhe fazer o contraponto, onde dissemos: decisão inócua de efeitos práticos.

Logo...foi quase toda blogosfera, se é que este termo tem algum significado nesta cidade, nos dias de hoje...


Um abraço.

Anônimo disse...

Agora não tenho mais nenhuma dúvida,seu blog está a serviço do Garotinho,isso é uma vergonha,a blogosfera hoje é uma extensão da mídia,as opiniões em casos como o de Campos deve ter isenção total,estamos lidando com uma com uma legião nefasta há muitos anos,englobando àqueles todos que vieram antes e os de agora.Tomar partido unilateral neste momento é se comprometer diante dos seus leitores,que não sei se são muitos.
Toma juízo Gustavo,fique isento,faça outra opção,porque não escolhermos um candidato novo,um nome diferente?

Gustavo disse...

Douglas, foi quase toda a blogosfera.

Anônimo, você acertou: este blog está a serviço dos Garotinho. Em troca, recebo uma verba publicitária que vários milhares de reais por mês, para atacar a oposição e defender o governo do magnífico casal iluminado pelo Nosso Senhor.



Anônimo disse...

Sou obrigado a voltar ao assunto Gustavo;hoje o que vc classificou de vibração anormal da oposição,está na primeira página do GLOBO e outros jornais importantes do Brasil,como tambem foi notícia em telejornais.Acho que o amigo está completamente desorientado no tempo e no espaço.
Tudo isso muito respeitosamente e dentro da discussão democrática.
Aliás quero te dizer que meu nome é Claudio Tavares,tenho 60 anos e sou profissional da saúde.
Saudações roxas.

douglas da mata disse...

Senhor Cláudio Tavares,

Um erro crasso é imaginar que a repercussão na "globo", ou em qualquer outro veículo de dimensão "nacional" possa reverter ou influenciar decisões políticas do povo daqui, ou de qualquer outro lugar.

Se a globo ou a "óia", ou outros sócios locais do PIG tivessem algum poder, de fato, Lula e Dilma não estariam juntos com aprovação que daria para ganhar as eleições aqui, e no Mercosul inteiro, como os votos da sobra.

A mídia local não "elege" sequer um vereador há anos, e só lhe resta cornetar um pouco para "aumentar a tabela".

Esta lenga-lenga "apolítica", suprapartidária capturada pela imprensa local e por alguns ingênuos (e outros tantos oportunistas) do feicebuque não mexe uma palha no jogo político local.

Internet é meio, ferramenta, até ajuda a comunicar a agregar mas não substitui a política orgânica, partidos, associações, etc.

Saudações.

Gustavo disse...

Claudio, o que eu destaquei é a efusividade com que a decisão contra Rosinha foi comemorada. Acho que o evento foi insignificante, mas diante da impotência da oposição a enfrentar os Garotinho parece que houvessem ganhado as eleições.

É claro que o assunto pode ser abordado desde outras perspectivas, e quem quiser ver nele uma grande derrota da prefeita pode vê-lo assim. Mais isso, para mim, é um erro, pois eles preferem que se fale das cores dos sinais e não da educação, ou da saúde.

Há muito para trabalhar se se quer mudar a politica que o municipio vem sofrendo. E insisto que primeiro temos que trabalhar por uma oposição mais séria.